Portal do servidor - ASPH

Notícias Notícias

Reajuste de Hortolândia é maior que oito cidades da região

Das 20 cidades, seis deram um dissídio maior e cinco ainda não informaram os valores

Reajuste de Hortolândia é maior que oito cidades da região
(Foto: Divulgação)
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Reajuste dos servidores de Hortolândia é maior que em oito cidades da região metropolitana de Campinas e menor que outros seis municípios. Segundo um levantamento feito pela reportagem da ASPH, a média de reajuste aos servidores municipais das cidades da região é de 11,74% enquanto em Hortolândia o reajuste será de 11,73%.

Das 20 cidades da RMC, 14 já decidiram o valor do dissídio, Cosmópolis tem uma proposta de 10,16% em negociação e cinco cidades ainda não começaram as negociações com os servidores, são elas Campinas, Engenheiro Coelho, Morungaba, Paulínia e Santa Barbara D’Oeste.

+ Siga-nos no Google News

+ Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Indaiatuba se destaca com um reajuste de 22,7% aos servidores municipais, é o maior reajuste na região até o momento. Jaguariúna foi a segunda cidade com o maior reajuste salarial, com 15%, que será entregue de forma parcelada. Já o município que deu o menor reajuste foi Valinhos, com 7,59%. Logo em seguida vem Pedreira com 8% de reajuste.

Hortolândia ficou na frente de oito cidades com base na porcentagem de dissídio fornecido, as cidades são Nova Odessa (10,79%), Sumaré (10,5%), Arthur Nogueira (10,16%), Cosmópolis (10,16%), Itatiba (10,06%), Vinhedo (8,5%), Pedreira (8%) e Valinhos (7,59%). Além disso, outras seis cidades deram reajuste maior que Hortolândia, como Indaiatuba (22,7%), Jaguariúna (15%), Monte Mor (14%), Americana (13%), Holambra (12%) e Santo Antônio de Posse (12%).

Vale ressaltar que Monte Mor irá parcelar o reajuste salarial em duas vezes, serão 7% agora em abril e mais 7% em novembro. Itatiba também irá parcelar o reajuste salarial, no caso foi entregue 8,06% no mês de março e mais 2% em setembro.

Algumas cidades da região fizeram o reajuste do vale alimentação, como é o caso de Sumaré, que aumentará o vale em 73,91%. Jaguariúna também aumentou o vale, dessa vez em 17%, já Americana deu um aumento de 19,67% e Itatiba está com um projeto de aumentar em mais de 20% o auxílio alimentação aos servidores.

Segundo Edivaldo de Oliveira, presidente da ASPH, é importante essa comparação, mas deve se levar em consideração vários fatores, como os salários atuais de cada cidade, os reajustes dados em anos anteriores e outros dados, o que deixa essa análise muito complexa, mas necessária.

Comentários:

Veja também

Olá, tudo bem? Podemos te ajudar? :)